Home Portal do Níquel Galvabrasil Prêmio Brasil Galvanizado Zinco Salva Crianças Facebook EN

Notícias e Artigos Explore mais notícias e artigos

05/10/2016

Projeto de níquel no Pará pode gerar US$ 328 Mi a investidores

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

A Horizonte Minerals divulgou segunda (3) mais um estudo preliminar de viabilidade econômica (PFS, em inglês) para o projeto de níquel Araguaia, no Pará. O documento, baseado em reservas provadas e prováveis de 24,6 milhões de toneladas de minério com 1,77% de níquel, mostra um valor presente líquido (VPL) de US$ 328 milhões, considerando o preço do níquel de US$ 12 mil a tonelada.

O estudo, preparado segundo critérios do padrão canadense NI 43-101, inclui tanto a área do projeto Niquel Araguaia (HZMA) quanto do projeto Glencore Araguaia (GAP). A vida útil do empreendimento (LOM, em inglês) é de 28 anos e considera a produção anual de 14,5 mil toneladas de ferroníquel por ano com o uso de um único forno calcinador rotatório elétrico (RKEF, em inglês).

Segundo dados da mineradora, a taxa interna de retorno (TIR) pode chegar a 19,3%. “Espera-se que o projeto gere US$ 1,3 bilhão em fluxo de caixa livre ao longo da vida útil com o níquel a US$ 12 mil a tonelada”, diz a empresa em nota divulgada hoje. Na sexta-feira, o metal foi cotado a US$ 10,4 mil por tonelada.

Se o metal tiver preço médio de 14 mil a tonelada, o VPL e a TIR podem chegar a US$ 581 milhões e 26,4%, respectivamente. O empreendimento conta com minério de alta qualidade com teor médio de níquel de 1,96% para os dez primeiros anos de operação e o custo de produção deve ficar entre os mais baixos do mundo, cerca de US$ 3,15 por libra, ou US$ 6.948 por tonelada de níquel.

“O próximo marco relevante no desenvolvimento do Araguaia é o estudo de viabilidade, o qual esperamos iniciar no primeiro trimestre de 2017. Paralelamente a isso, vamos investigar as opções de financiamento disponíveis, bem como parceiros de suprimento. Acreditamos que a linha de tempo para o desenvolvimento do Araguaia esteja bem alinhada com a as expectativas de mercado de um aumento do preço do níquel a médio prazo”, disse o CEO da Horizonte, Jeremy Martin em nota.

Segundo ele, o importante é que o PFS demonstra que o projeto tem fluxo de caixa positivo aos preços atuais do níquel. “A demanda futura parece ser forte com o crescimento previsto indo de 2% a 4% este ano, e espera-se que a demanda supere a oferta, assegurando que o Araguaia seja um projeto irresistível para gerar valor para os acionistas. Isso, combinado com fortes fundamentos econômicos, confirma que o Araguaia está bem posicionado para ser um dos mais importantes projetos de níquel a serem desenvolvidos”, disse Martin.


Leia outras notícias e artigos

Associados ICZ

B.BOSCH GALVANIZAÇÃO DO BRASIL
Beretta Galvanização
Galvânica Beretta
Galvanização Raitz
Galvanização Sergal
Ind. Tudor de Baterias
K.D.Feddersen  - W.Pilling
Morlan S. A.
Multigalva Tecnologia em Metais
Nexa Resources
Oxiprana Indústria Química Ltda
TRATHO METAL QUÍMICA LTDA.
Ztec Galvanização a fogo

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.