Home Portal do Níquel Galvabrasil Prêmio Brasil Galvanizado Zinco Salva Crianças Facebook EN

Notícias e Artigos Explore mais notícias e artigos

21/12/2016

Alcoa aumenta venda de bauxita para terceiros

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

A Alcoa Corporation, maior mineradora de bauxita do mundo, disse no dia 19 que a Alcoa World Alumina and Chemicals (AWAC) assegurou seu primeiro contrato de fornecimento da matéria-prima do alumínio para terceiros. O volume do contrato é de 400.000 toneladas totalmente secas (bdmt, na sigla em inglês) e será fornecido pela mina Huntly em Western Australia. Esse é o terceiro contrato do tipo assinado este ano, outros dois, envolvem a venda de bauxita brasileira.

O contrato australiano, junto com os dois para fornecimento de bauxita produzida no Pará, somam US$ 126 milhões e envolvem a entrega de 2,2 milhões de bdmt de bauxita a clientes na China em 2017. A Alcoa controla a mina de Juruti, em cidade do mesmo nome, por meio da Alcoa World Alumina Brasil, e detém 18,2% da Mineração Rio do Norte (MRN), que tem mina em Oriximiná (PA). Os dois contratos com bauxita do Brasil renovam contratos de 2016.

A estratégia da Alcoa, agora separada das divisões que fazem produtos avançados de alumínio, é aumentar os negócios de fornecimento de bauxita para terceiros. Os contratos aumentam o valor total dos acordos de venda de bauxita a terceiros em cerca de US$ 600 milhões, na comparação entre 2016 e 2017.

“Esse contrato de Western Australia [WA] veio poucos meses depois do primeiro embarque experimental de bauxita de WA para a China em meados de 2016, que apresentou, de forma bem-sucedida, o nosso produto de WA ao mercado global”, diz Garret Dixon, presidente da Alcoa Bauxite, que tem sede em Perth. O governo estadual de WA deu permissão à Alcoa para exportar até 2,5 milhões de toneladas por ano de bauxita, durante cinco anos, a terceiros.
“As exportações de bauxita tem o potencial de gerar valor para os ativos minerais que temos em WA, criando um fluxo de receita adicional para a Alcoa e para o Estado de Western Australia, ao mesmo tempo em que mantém a oferta para nossas três refinarias em WA”, afirmou Dixon em nota distribuída pela Alcoa.

A Alcoa produziu, em 2015, 45,3 milhões de toneladas e o custo mais baixo de produção na comparação com concorrentes. Segundo a companhia, a demanda de terceiros por bauxita vai dobrar de 2015 a 2024, com a China sendo o maior importador desse minério. A Alcoa Corporation tem 60% do grupo AWAC. Os outros 40% são da Alumina Limited of Australia.


Leia outras notícias e artigos

Associados ICZ

B.BOSCH GALVANIZAÇÃO DO BRASIL
Galvânica Beretta Ltda
Galvanização Beretta Ltda.
Ind. Tudor de Baterias
Indústria Elétrica Marangoni Maretti Ltda.
Morlan S. A.
TRATHO METAL QUÍMICA LTDA.
Votorantim Metais S/A
ZINKPOWER
Ztec Galvanização a fogo