Home Portal do Níquel Galvabrasil Prêmio Brasil Galvanizado Zinco Salva Crianças Facebook EN

Notícias e Artigos Explore mais notícias e artigos

21/12/2016

Alcoa aumenta venda de bauxita para terceiros

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

A Alcoa Corporation, maior mineradora de bauxita do mundo, disse no dia 19 que a Alcoa World Alumina and Chemicals (AWAC) assegurou seu primeiro contrato de fornecimento da matéria-prima do alumínio para terceiros. O volume do contrato é de 400.000 toneladas totalmente secas (bdmt, na sigla em inglês) e será fornecido pela mina Huntly em Western Australia. Esse é o terceiro contrato do tipo assinado este ano, outros dois, envolvem a venda de bauxita brasileira.

O contrato australiano, junto com os dois para fornecimento de bauxita produzida no Pará, somam US$ 126 milhões e envolvem a entrega de 2,2 milhões de bdmt de bauxita a clientes na China em 2017. A Alcoa controla a mina de Juruti, em cidade do mesmo nome, por meio da Alcoa World Alumina Brasil, e detém 18,2% da Mineração Rio do Norte (MRN), que tem mina em Oriximiná (PA). Os dois contratos com bauxita do Brasil renovam contratos de 2016.

A estratégia da Alcoa, agora separada das divisões que fazem produtos avançados de alumínio, é aumentar os negócios de fornecimento de bauxita para terceiros. Os contratos aumentam o valor total dos acordos de venda de bauxita a terceiros em cerca de US$ 600 milhões, na comparação entre 2016 e 2017.

“Esse contrato de Western Australia [WA] veio poucos meses depois do primeiro embarque experimental de bauxita de WA para a China em meados de 2016, que apresentou, de forma bem-sucedida, o nosso produto de WA ao mercado global”, diz Garret Dixon, presidente da Alcoa Bauxite, que tem sede em Perth. O governo estadual de WA deu permissão à Alcoa para exportar até 2,5 milhões de toneladas por ano de bauxita, durante cinco anos, a terceiros.
“As exportações de bauxita tem o potencial de gerar valor para os ativos minerais que temos em WA, criando um fluxo de receita adicional para a Alcoa e para o Estado de Western Australia, ao mesmo tempo em que mantém a oferta para nossas três refinarias em WA”, afirmou Dixon em nota distribuída pela Alcoa.

A Alcoa produziu, em 2015, 45,3 milhões de toneladas e o custo mais baixo de produção na comparação com concorrentes. Segundo a companhia, a demanda de terceiros por bauxita vai dobrar de 2015 a 2024, com a China sendo o maior importador desse minério. A Alcoa Corporation tem 60% do grupo AWAC. Os outros 40% são da Alumina Limited of Australia.


Leia outras notícias e artigos

Associados ICZ

B.BOSCH GALVANIZAÇÃO DO BRASIL
Galvânica Beretta Ltda
Galvanização Beretta Ltda.
Ind. Tudor de Baterias
Indústria Elétrica Marangoni Maretti Ltda.
Morlan S. A.
Votorantim Metais S/A
ZINKPOWER
Ztec Galvanização a fogo