Home Portal do Níquel Galvabrasil Prêmio Brasil Galvanizado Zinco Salva Crianças Facebook EN

O Níquel e a Sustentabilidade

Níquel na sociedade A compreensão do Desenvolvimento Sustentável

O Desenvolvimento Sustentável é normalmente definido pelo governo, agências internacionais e por meio dos indivíduos. Por mais que as palavras e entendimentos difiram, a aceitação da importância do desenvolvimento sustentável está fora de questão.

Neste contexto, a indústria do Níquel, representada pelos membros do Nickel Development Institute está empenhada em gerar material necessário para melhorar a qualidade da vida da sociedade. As empresas associadas estão envolvidas em assegurar que o social, econômico, ambiente e demais partes interessadas estejam agrupadas no presente e para o futuro através de práticas e políticas que promovem o bem estar de todos.

A indústria do níquel entende o desenvolvimento sustentável como uma oportunidade de adquirir experiência e conhecimentos, fundamentais na busca pelos objetivos de desenvolvimento. Nós estamos convencidos, que os materiais que contém níquel têm sempre o melhor papel.

O que é Desenvolvimento Sustentável?

Todas as definições de desenvolvimento sustentável envolvem três elementos, todos eles sustentáveis.

“Social” é compreendido por incluir todos os elementos que fazem as comunidades e sociedades sustentáveis. Itens como alimentação, roupas, abrigos e outros elementos, incluindo o conceito de compartilhar os recursos em comum hoje e amanhã, caso contrário interferindo no equilíbrio entre as futuras gerações.

"Econômico" refere-se ao motor que fornece a riqueza, incluindo o emprego, o (a) desenvolvimento necessário pelos países, e (b) o desenvolvimento que se espera da maioria em países desenvolvidos.

"Ambiente" refere-se à situação do ambiente hoje; a integridade dos sistemas ambientais que devem continuar e prosperar hoje e amanhã; e os recursos ambientais que devem continuar a existir ou se renovar para hoje e amanhã.

Metais e Desenvolvimento Sustentável

Os metais compartilham coletivamente de muitas características que favorecem seu uso continuado e expandido pela sociedade na perseguição de objetivos sustentáveis do desenvolvimento.

Níquel é tecnicamente um recurso finito: compõe uma porcentagem fixa da composição da terra (quinto elemento mais comum após o ferro, o oxigênio, o silicone e o magnésio embora somente aproximadamente 0.01% da crosta de terra). O que é recuperável da natureza variará de acordo com a tecnologia, mas também de forma finita.

Entretanto, níquel é usado. Níquel "não é consumido". Exame feito nas reservas da natureza (depósitos) denota que o níquel está disponível para o uso e reuso sem degradação: não deteriora e não perde algumas de suas propriedades intrínsecas. Há sempre a mesma quantidade de níquel existente no fim da extremidade de um ciclo particular do produto como no começo. Embora o níquel possa ser "perdido" (emissões de ar, água e solo em níveis ou em quantidades demasiadamente pequenas podem ser recuperadas economicamente), a fonte básica de níquel para atual e as gerações futuras estão fora de questão.

Os materiais que contém níquel, aplicados corretamente, mantêm e melhoram a qualidade de vida dos cidadãos e permitem que as instituições da sociedade - incluindo os negócios – gerem soluções sustentáveis.

Estas soluções sustentáveis dependem dos atributos e dos serviços fornecidos pelo níquel: proteção de corrosão, durabilidade, clareza, armazenamento de energia, habilidade de agir como um catalisador, reciclagem.

Proteção de corrosão: A infra-estrutura da civilização dura mais por muito tempo quando os materiais que contém níquel são usados. Exemplos: paredes de cortina do edifício, mobília de rua, aplicações navais, vergalhão em concreto, processos agressivos e controle da poluição nos ambientes.

Social: Mais recursos, por causa da durabilidade de materiais que contém níquel, estão disponíveis para outros objetivos sociais que poderiam ser na infra-estrutura, mais serviços, menos impostos, mais qualidade e confiabilidade na infra-estrutura.

Econômico: Baixo custo unitário do ciclo de vida e retenção do valor no fim da vida útil do produto.

Ambiente: Redução na intensidade do uso de recurso por causa da vida longa e capacidade de reciclagem no fim da vida: o "custo ambiental inicial" (a produção e a transformação dos materiais que contém níquel) tem um "retorno ambiental".

Ponte da estrada: Pressões sociais (tráfego, ruas das comunidades completamente cheias do tráfego desviado), custos econômicos (atraso, longo tempo da viagem, custos de combustível aumentados) e sobrecargas ambientais (mais concretos, barra reforçando, mais transporte para o entulho e o material novo, mais consumo de combustível por causa tráfego retardado/desviado): todos seriam evitados se a barra reforçando o aço inoxidável fosse usada na construção original.

Resistência à alta temperatura: Os pontos de derretimento elevados e a força mecânica retida de ligas de níquel significam uma eficiência operacional e ambiental maior. Exemplos: produtos químicos e outros processos da indústria, produção de energia e transporte.

Turbinas: Altas temperaturas em
operação significam mais combustão
e redução no consume de combustível,
tudo possível pelas ligas de níquel.

Social: Ambientes melhorados por causa do uso mais eficiente dos combustíveis / combustão mais completa e eficiente.

Econômico: Menores custos do ciclo de vida e valor retido no fim da vida do produto. Custos de operação baixos por causa de operações mais eficientes, duráveis e confiáveis.

Ambiental: Baixo impacto ambiental em função do consumo reduzido de recursos ambientais; emissões reduzidas por causa de maior eficiência. Produto reciclável até no fim da vida útil.

Durabilidade: A força, a dureza e a não fragilidade que o níquel traz aos materiais significam que os produtos e os processos serão mais duradouros. Exemplos: moedas, carros do trilho, as lâminas de turbina, os moldes, dos móveis da rua e aplicações de arquitetura, rolamentos.

Arquitetura (direita): Construído em 1956, o exterior deste edifício requer manutenção mínima, não terá que ser substituído na vida útil do edifício, manterá o valor e será recuperado por reciclagem no fim da vida útil do edifício por causa do níquel no aço inoxidável.

Clareza: Os aços inoxidáveis e as ligas de níquel são higiênicos, limpados fàcilmente e permitem somente níveis insignificantes de perda do metal. Exemplos: processador, transporte e armazenamento de alimento; farmacêuticos; tratamento, transporte e armazenamento de água.

Social: Na alimentação temos a melhor utilização, já que o estrago e a perda são minimizados. O alimento fica mais seguro porque é processado, manuseado, cozinhado usando os materiais que são limpos facilmente e assim, menos suscetível ao estrago ou à contaminação. Os usos farmacêuticos são também pouquíssimos contaminados. Os sistemas de água potável podem ser mais confiáveis ao manter a água mais segura (poucas rupturas, menos vazamento, menos contaminação das fontes exteriores).

Econômico: Os custos dos alimentos são reduzidos por causa da redução do estrago e da confiança na vida longa dos processos facilitadores. Os custos de infra-estrutura para a água potável são reduzidos porque o tamanho pode ser reduzido (ou não ser expandido prematuramente) por causa da redução no vazamento. O custo de uma fonte de água é reduzido para a mesma razão e por causa da durabilidade das instalações de infra-estrutura. O valor é conservado no fim da vida útil do produto.

Ambiente: A redução no estrago de alimento significa menos pressão na agricultura. Um sistema mais confiável das distribuições da água significa a pressão reduzida na fonte de água. A demanda reduzida para sistemas novos ou da recolocação da distribuição significa que uma intensidade reduzida do uso material e os materiais que contém níquel são recuperados no fim da vida útil.

Geração de Energia e Armazenagem: Os sistemas baseados em níquel são proeminentes em estoque de energia e, por causa do potencial catalítico do níquel, fontes de energia alternativas. Exemplo: transmissão. A eficiência e produtividade da sociedade são aumentadas dependendo dos sistemas de estoque de energia portáteis. Exemplo: comunicação. A eficiência, segurança e confiança da sociedade são aumentadas independente do estoque ou geração de energia. Exemplos: sinal, navegação e outros equipamentos, iluminação de emergência.

Social: O principal benefício virá da melhora na qualidade de ambientes urbanos por causa das emissões reduzidas dos hidrocarbonetos. Os principais benefícios atuais são relacionados a equipamentos de segurança, incluindo papel de comunicações wireless.

Econômico: A importância dos sistemas da bateria e da geração da energia que envolve o uso de níquel está aumentando. As aplicações maciças economicamente viáveis no transporte (tecnologias da célula combustível do híbrido e) são iminentes e terão conseqüências significativas em como as indústrias do transporte e da energia são organizadas e operam-se. O valor do níquel no produto o faz provavelmente reciclável.

Ambiente: A produtividade do negócio das comunicações wireless diminui demandas do transporte no ambiente. Muito mais significativas são as reduções potenciais no consumo/aumentos do hidrocarboneto na eficiência da conversão da energia prometida pelas tecnologias novas no qual o níquel tem papel chave. Níquel é usado, não consumido, e é recuperável no fim da via útil do produto.

Saiba mais sobre o Níquel e a Indústria »

Conheça o Portal do Níquel »

Associados ICZ

B.BOSCH GALVANIZAÇÃO DO BRASIL
Galvânica Beretta Ltda
Galvanização Beretta Ltda.
Ind. Tudor de Baterias
Indústria Elétrica Marangoni Maretti Ltda.
Morlan S. A.
TRATHO METAL QUÍMICA LTDA.
Votorantim Metais S/A
ZINKPOWER
Ztec Galvanização a fogo