Mercado

O mercado brasileiro experimenta um momento único: Nos últimos dez anos já foram investidos R$ 595 bilhões e para 2012 foi anunciado pelo governo brasileiro pacote de R$ 133 bilhões de investimentos em infraestrutura para os próximos 25 anos.

Estes investimentos traduzem-se em uma excelente oportunidade para aumentar a demanda pelo aço galvanizado, considerando-se que, dentro do contexto mundial, o consumo per capita no Brasil corresponde 1,6 kg por ano, contra 8 kg no Chile, 16 kg nos EUA e 20 kg na Europa, o que demonstra a grande oportunidade para este mercado no Brasil.

O setor de aço galvanizado estima um crescimento médio anual de aproximadamente 10% para os próximos cinco anos, estimativa esta que poderá ser excedida, devido às diversas oportunidades a serem desenvolvidas na aplicação destes produtos que ainda precisam ser explorados e difundidos no país, já que a utilização desse tipo de aço na construção de grandes obras públicas ou simples prédios de moradia tem um argumento irrefutável de o metal ser sustentável.